Eduardo Vidal

Seminário Online do CTC-USP aborda o transplante autólogo de células-tronco no tratamento de doenças autoimunes

O Centro de Terapia Celular (CTC-USP) promoveu o 7º Seminário Online, no dia 14 de outubro, no canal do YouTube da TV Hemocentro RP. O encontro, ministrado pela Profa. Dra. Maria Carolina de Oliveira, teve como tema: “Transplantes de células-tronco hematopoéticas para doenças autoimunes”.

Nas doenças autoimunes, o sistema imunológico agride e destrói células e tecidos do próprio paciente. Os transplantes autólogos de células-tronco têm sido aplicados como tratamento para formas graves de enfermidades como a esclerose múltipla, a esclerose sistêmica e doenças inflamatórias intestinais.

O CTC-USP em parceria com o Hemocentro RP, o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto e a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP) são pioneiros no Brasil no estudo e aplicação clínica. O procedimento reinicia o sistema imunológico tornando-o menos autorreativo, deixando de agredir o paciente e contribuindo para o restabelecimento da qualidade de vida.

No seminário, a professora explicou como são realizados os transplantes, quais os principais desfechos clínicos, o que já se sabe sobre os mecanismos de ação e os desafios enfrentados no procedimento. A palestrante é docente e vice-coordenadora do programa de pós-graduação em Imunologia Básica e Aplicada da FMRP-USP, pesquisadora do CTC-USP e desenvolve estudos na área de terapia celular para doenças autoimunes e inflamatórias.

Confira abaixo a apresentação na íntegra.

Pesquisador do CTC-USP participa de evento da American Society for Transplantation and Cellular Therapy

O Prof. Dr. Renato Cunha participa do Webinar “Center Logistics for CAR-T Programs: Challenges and Opportunities”, no dia 28 de outubro, das 14h às 15h (CDT). O evento online é organizado pela American Society for Transplantation and Cellular Therapy (ASTCT), com inscrições pelo link: https://bit.ly/3uUSZ7F.

O encontro, que também terá a participação da Dra. Katie Gatwood (Vanderbilt University, EUA) e da Dra. Zahra Mahmoudjafari (University of Kansas, EUA), vai abordar as principais áreas de logística para operar programas CAR-T, incluindo estrutura de reembolso, configurações de pacientes internados e ambulatoriais, programas de países em desenvolvimento, gerenciamento de dados e ensaios clínicos.

O docente da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP) é pesquisador do Centro de Terapia Celular (CTC-USP) e coordenador da Unidade de Transplante de Medula Óssea e Terapia Celular do Hospital das Clínicas da FMRP-USP.

Seminário Online do CTC apresenta a experiência da Casa da Ciência no ensino e difusão científica durante a pandemia

O Centro de Terapia Celular (CTC-USP) promoveu o 6º Seminário Online no dia 24 de setembro, no canal do YouTube da TV Hemocentro RP. O encontro foi ministrado pelo Me. Vinicius Moreno Godoi, assessor administrativo da Casa da Ciência, e teve como tema: “Ensinando e Divulgando Ciência na Pandemia”.

A Casa da Ciência do Hemocentro de Ribeirão Preto teve início em 2001 como parte do programa educacional do CTC-USP, um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) apoiados pela FAPESP. O objetivo do programa é aproximar a pesquisa científica de alunos e professores da rede básica de ensino e apoiá-los.

Devido à pandemia, as atividades precisaram ser adaptadas para a modalidade on-line e a equipe passou a investigar qual seria o melhor formato para manter o conteúdo atrativo, sem perder qualidade e profundidade. A primeira experiência totalmente remota veio com o “Férias com Ciência on-line”, onde os alunos realizaram experiências com materiais disponíveis em casa, puderam trabalhar o método científico e até ajudar no combate às Fake News.

O sucesso obtido neste novo modelo foi aplicado em outros programas da Casa da Ciência, como o “Adote Online” que já soma a participação de 586 alunos de diferentes escolas e cidades brasileiras.

A iniciativa é apresentada semanalmente ao vivo, no canal do YouTube do projeto, e traz a cada encontro vídeos de pesquisadores e pós-graduandos da USP e Hemocentro RP, com conceitos das áreas em que atuam e uma pequena tarefa no final de cada encontro virtual.

No seminário, o palestrante contou como as atividades são realizadas, os caminhos e desafios na construção do conhecimento e da difusão científica na modalidade on-line, além dos bastidores das ações educacionais propostas que obtiveram sucesso. Confira abaixo a apresentação completa!